Projeto Open Space: entenda quais são suas vantagens e características

open space

Para acompanhar a evolução e modernização do mercado de trabalho nos últimos anos, as empresas estão buscando adaptações tanto no modo como operam quanto em sua estrutura física. Transformar-se, nesse contexto, significa melhorar os processos internos, os produtos, serviços e o ambiente corporativo como um todo.

É diante desse cenário de mudanças tecnológicas sucessivas que surgiu o conceito de projetos open space. Visando atender às novas necessidades que emergiram no mundo corporativo, arquitetos e engenheiros passaram a projetar ambientes diferenciados que pudessem oferecer bem-estar aos funcionários e, assim, impactar positivamente nos resultados da empresa. Continue a leitura até o final e entenda seus benefícios.

 

Open Office

O que são os projetos open space?

Open space, em uma tradução literal, significa espaço aberto. O termo em português expressa exatamente o objetivo do projeto: criar ambientes abertos e integrados entre si. Essa mudança influencia na forma como a comunicação é feita dentro da empresa e contribui para a integração entre os times.

Diante das vantagens desse tipo de estrutura, como por exemplo o aumento da produtividade e a redução de problemas de comunicação, as empresas gradativamente transformam os seus espaços físicos de acordo com esse novo modelo.

As empresas de tecnologia – principalmente as empresas americanas do Vale do Silício – e mais recentemente as startups, foram as primeiras que adotaram a abertura dos espaços internos e, posteriormente, foram seguidos por outras organizações de diversos segmentos.

O princípio básico desse tipo de projeto é recriar ambientes abertos, que tenham aspecto mais acolhedor. Dessa forma, é fundamental reformular os ambientes, deixando os espaços mais amplos e integrados, aproximando também as equipes de trabalho – as pessoas passam a ter maior contato, compartilhar experiências e ideias em busca de soluções para o dia a dia, influenciando o crescimento pessoal e profissional dos indivíduos. Para atender esse novo espaço, mais amplo e iluminado, é necessário adotar mobiliário que permita melhor aproveitamento do local de trabalho, assim como uma melhor interação e a comunicação entre os times.

Para que o conceito de colaboração ganhe força, o ambiente precisa ser muito bem planejado – tudo deve estar em sintonia com a atmosfera que será criada: o design moderno do mobiliário, as cores ousadas, as formas fluidas e a decoração.

Porém também é preciso considerar a necessidade de incluir espaços mais reservados no projeto, que ofereçam certo nível de privacidade para o desenvolvimento de atividades mais focadas.

 

Open Space

 

 

Quais as características do open space?

Os espaços construídos de acordo com esse tipo de projeto apresentam poucas paredes ou divisórias. São características:

  • ambientes amplos e bem iluminados – a combinação da luz artificial e natural tornam o ambiente mais aconchegante. Além disso, a luz natural estimula o cérebro e reduz o cansaço visual, além de ser energia limpa e segura. Outro ponto positivo é que a iluminação natural e a maior circulação de ar, reduzem significativamente o consumo de energia elétrica.
  • formas orgânicas – sejam inseridas em itens no ambiente ou no mobiliário, as formas arredondadas tornam os espaços mais fluidos, suaves e harmoniosos;
  • design biofílico – traz a natureza para perto através de paredes vivas, materiais e texturas naturais tornando o espaço mais suave e aconchegante, além de influenciar positivamente na saúde e melhorar a circulação do ar;
  • multifuncionalidade – invista em ergonomia e mobiliários multifuncionais, que sigam as normas regulamentadoras e que garantam conforto e bem-estar aos colaboradores e clientes. O mobiliário deve se ajustar caso seja necessário ampliar ou remanejar os espaços. Aposte na versatilidade.
  • áreas de descompressão e espaços de concentração complementam o ambiente – invista na criação de locais mais individualizados para momentos que requerem foco e privacidade, além de áreas para descanso e descompressão.
  • tratamento acústico – para maior conforto nos espaços integrados, o tratamento acústico é uma forte tendência. Vidros, painéis decorativos ou revestimento dos móveis são alternativas para reduzir os ruídos do ambiente.

Além disso, o layout moderno é funcional e atrativo, e possibilita fortalecer a criatividade e o espírito de equipe.

 

Open Office

Quais são as vantagens dos projetos open space para as organizações?

É evidente que as mudanças nas empresas, tanto nos processos quanto na sua estrutura, podem promover melhorias para ambas as partes: empresa e funcionário.

A arquitetura e o design podem ajudar a criar espaços humanizados, autênticos e inspiradores, onde os colaboradores realmente queiram estar.

Para compreender a extensão dos benefícios dos projetos open space, listamos abaixo as principais vantagens desse tipo de estrutura. Confira:

  • Maior integração entre as equipes;
  • Compartilhamento de ideias;
  • Estímulo à postura proativa;
  • Aumento da produtividade;
  • Comunicação criativa;
  • Soluções inovadoras.

Com a flexibilização dos espaços, as pessoas se sentem mais à vontade para transitar entre os departamentos. Isso pode estimular a interação entre colaboradores, tornando as ideias e decisões mais dinâmicas e assertivas.

Além disso, essa alteração promove a sensação de que todos fazem parte da empresa, como parceiros que participam ativamente da estratégia e faz com que os indivíduos se sintam mais valorizados e sejam mais proativos, trazendo soluções criativas e assim aumentando a produtividade.

Os open spaces precisam considerar o bem-estar e serem acima de tudo flexíveis, para acomodar todos os tipos de atividades desenvolvidas em seu interior, com espaços colaborativos, para socializar, focar e também para descomprimir.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *