Não sabe como escolher um fornecedor? Confira nossas 6 dicas.

como escolher um fornecedor

Para se ter sucesso em um negócio, um dos fatores de grande importância é a escolha de bons fornecedores, afinal, eles garantem a qualidade dos produtos e serviços fornecendo a matéria-prima de qualidade, te ajudam a realizar vendas e garantir a satisfação dos clientes, além de impactar diretamente na lucratividade da sua empresa.

Para identificar um bom fornecedor é necessário analisar se ele oferece um produto de qualidade, mesmo em um cenário de preços competitivos, trazendo uma boa margem de negociação para o comerciante.

Se você não sabe muito bem como escolher um fornecedor, continue por aqui e veja 6 dicas valiosas que podem ajudar nessa tarefa, além de entender melhor a importância dessa escolha para a sua empresa. Vamos lá?

1. Faça um lista das opções disponíveis

Acertar a escolha de um fornecedor é mais complicado do que você imagina, pois cada caso pode ser tratado diferentemente, dependendo do tipo e do volume de negociação.

O ideal é, antes de tudo, você pesquisar as opções de fornecedores no mercado. Procure localmente e dentro do seu estado (pois é preciso considerar também as opções de frete) ou então busque opções pelo Brasil. A internet ajuda bastante a encontrar informações.

Crie uma lista completa com tudo que encontrou (se preferir monte uma planilha para concentrar as informações em um só local) e somente depois disso comece a fazer os contatos.

2. Avalie a qualidade dos produtos e serviços de cada opção

Essa é a etapa determinante para escolher um bom fornecedor.

Depois te entrar em contato, chegou o momento de conversar, conhecê-los melhor e se possível solicitar amostras dos produtos ou a indicação de alguma loja que revenda o produto, para avaliar delicadamente se ele está de acordo com o que você deseja.

Se esse não for o produto final que vai vender, é importante que você faça o teste em sua linha de produção. Para tomar a decisão, converse com os profissionais responsáveis pela linha produtiva em sua empresa, bem como os vendedores. Eles vão ajudar a saber se vale a pena unir a imagem da corporação com o produto de determinado fornecedor.

Você deve sempre pensar que um bom fornecedor é como uma das vantagens da sua empresa, pois a qualidade dos produtos pode ser o seu diferencial. É por isso que a maioria das organizações guarda segredos sobre os seus contatos.

3. Compare os preços

Outro passo importante é comparar os preços. É lógico que a qualidade é primordial, mas o valor do produto também tem peso importante na decisão. Isso porque, além do preço, você terá que considerar todos os custos envolvidos com esse fornecimento, como impostos, fretes e até mesmo o lucro.

Portanto, antes de tomar a decisão — quando estiver avaliando qual será o preço final que você vai conseguir fazer e se vai atender às suas necessidades —, pesquise bastante na concorrência, verificando se é possível fazer um preço adequado que se alie com a qualidade esperada do produto.

Você deve se lembrar também de olhar para o seu próprio negócio, vendo de que forma os preços oferecidos pelo fornecedor podem ser absorvidos pela empresa, sem que o poder de compra de outras áreas seja comprometido.

Avalie também as facilidades de pagamento, para que programe junto ao setor financeiro qual melhor condição.

4. Faça acordos com a quantidade do produto que será comprado

Outro fator que deve ser levado em conta é um acordo sobre a quantidade do produto. Você pode negociar com o fornecedor sobre quanto vai custar o produto de acordo com a quantidade que você vai precisar comprar. Com isso, você pode até mesmo conseguir alguns descontos.

5. Avalie os prazos de entrega e flexibilidade do fornecedor

Outros quesitos que devem ser levados em consideração são os prazos de entrega e a flexibilidade oferecida pelo fornecedor. Você deve avaliar os períodos em que mais vai precisar do produto, planejando os prazos necessários para a produção e fazer as entregas a dentro do tempo previsto.

Além disso, é preciso avaliar a flexibilidade do fornecedor, pois tudo pode acontecer em um negócio – você pode precisar incrementar seu estoque rapidamente, ou mesmo interromper uma programação de compra.

O seu fornecedor deve acompanhar essa possível mudança, apresentando condições mais flexíveis. Nem todas empresas se atentam a esse ponto, e acabam fechando negócios engessados que inviabilizam certos negócios para a empresa.

6. Analise o tempo de mercado

É importante avaliar a atuação desse fornecedor no mercado, como ele prestou outros serviços, se ele é de confiança e tem certificações de qualidade. Avaliar o tempo de mercado é uma garantia de que a empresa trabalha com seriedade, transparência e que realmente cumpre os prazos.

Por fim, vale destacar que para escolher o seu fornecedor, basta seguir nossas dicas, já que eles impactam no andamento do seu negócio.

Conte com a F.WAY como parceiro para soluções em ambientes corporativos. Oferecemos produtos de altíssima qualidade e utilizamos matérias-primas de primeira linha, com opções de mobiliário diferenciado!

Se você gostou das dicas deste post e quer conhecer os nossos produtos, entre em contato com a nossa empresa e fale com nossos especialistas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *