Decoração funcional de escritórios: entenda como fazer.

Decoração funcional de escritórios

A decoração funcional de escritórios é uma das principais tendências contemporâneas na arquitetura corporativa. Afinal, com o tempo, percebeu-se que a organização do espaço físico é um fator determinante para a produtividade dos projetos e para o conforto dos colaboradores.

Desse modo, todo o mobiliário foi repensado para auxiliar as pessoas a executar suas tarefas da melhor forma possível. Por exemplo, os encostos das cadeiras passaram a ser projetados para manter uma postura adequada da coluna e dos membros superiores, de modo a evitar dores e doenças ocupacionais.

Quer saber mais sobre o assunto? Acompanhe o nosso post!

Como aliar a decoração funcional de escritórios com a estética?

Uma das principais preocupações de quem procura um projeto arquitetônico corporativo funcional é: “Isso vai deixar o ambiente engessado ou feio?”. A resposta é negativa! É totalmente possível aliar elementos mais funcionais com uma mensagem estética arrojada, que transmita o charme, a elegância e a identidade do profissional que está criando o projeto.

Para isso, é preciso muito estudo sobre o tema e, principalmente, contar com os parceiros certo, que trabalham no ramo há vários anos. Assim, você poderá trabalhar com um mobiliário focado no mundo empresarial sem se preocupar com o design de cada peça.

Além disso, você precisará fazer um projeto bastante alinhado aos objetivos estratégicos do seu cliente. Afinal, a imagem do espaço físico poderá auxiliá-lo na realização plena do planejamento empresarial. 

Então, se seu cliente quer focar o trabalho corporativo, não deixe de investir em mesas compartilhadas e cadeiras móveis. Isso vai ajudar o cliente deles a perceber que aquela missão não está apenas no papel, mas é aplicada para valer.

Da mesma forma, do ponto de vista estético, também é possível fazer vários alinhamentos. Por exemplo, o uso de determinados materiais pode influenciar a interpretação do cliente final. Em empresas mais tradicionais, os detalhes em madeira acabam transmitindo mais autoridade. Por outro lado, quando falamos de modernidade e tecnologia, o ideal é utilizar o vidro, os metais e um design diferenciado.

Quais são as melhores dicas de decoração funcional de escritórios?

Definir o tamanho adequado da mesa de escritório

O primeiro passo para escolher uma boa mesa de escritório é definir anteriormente a característica das cadeiras. Se elas não forem reguláveis, será preciso escolher uma mesa em que a execução das tarefas de escritório não deixe os ombros sob tensão constante, o que predisporia os colaboradores a doenças ocupacionais do sistema osteomuscular.

Se as cadeiras tiverem a altura regulável, será possível ter uma maior flexibilidade na escolha das mesas. Entretanto, ainda é preciso tomar cuidado para que elas não sejam altas ou baixas demais em relação à média de altura dos trabalhadores.

Além disso, a mesa deve se adequar à natureza do trabalho realizado. Por exemplo, em tarefas coletivas, como brainstorms e reuniões, é preciso que o espaço permita a colaboração entre as pessoas.

Adotar um mobiliário mais enxuto

Hoje em dia, nos ambientes corporativos, trabalhamos com a ideia de uma decoração mais enxuta, sem muita sobrecarga de elementos. Desse modo, evita-se utilizar muitos objetos meramente decorativos no mesmo espaço, como vasos e tapetes. Também, deve-se tomar muito cuidado com o excesso de móveis.

A ideia é manter somente aqueles que são realmente muito importantes para as funções da empresa. Assim, evita-se o gasto de um espaço útil com elementos que nunca serão efetivamente utilizados. Portanto, a mensagem da decoração funcional é muito simples nesse sentido: tenha apenas materiais que serão úteis para os seus projetos e funcionários.

Esconder fios e cabos

Como os computadores e impressoras são equipamentos essenciais em um escritório, há grande quantidade de cabos para fazer as conexões devidas. Há algumas formas de evitar o impacto estético dessa realidade. A primeira delas é o investimento em soluções wireless, porém, mesmo assim, é provável que alguns fios fiquem expostos no ambiente. Outra opção é escolher mesas que possuam calha para acomodá-los.

Portanto, em um projeto de arquitetura, uma preocupação do profissional deverá ser encontrar formas para reduzir a exposição de cabos. Isso pode ser feito por meio da implementação de móveis focados no mundo corporativo e também pela criação de dutos totalmente integrados ao design.

Utilizar prateleiras flutuantes

As prateleiras tradicionais acabam ocupando um espaço físico muito grande, pois precisam de um apoio no chão. Desse modo, não é possível instalar um móvel ou colocar um acessório sob elas, portanto essa área fica sem função.

Já as flutuantes são instaladas na parede, podendo ficar a um metro e meio do chão, por exemplo. Desse modo, todo o espaço abaixo pode ser utilizado para a colocação de um outro móvel, como uma mesa ou bancada.

Prezar por uma iluminação e temperatura adequadas

Quando falamos em ergonomia, muitas pessoas acabam pensando somente nas mesas e cadeiras. Porém, há outros elementos igualmente importantes, como a iluminação e a temperatura.

Uma quantidade insuficiente de luz exige um esforço visual dos funcionários; desse modo, podem surgir problemas, como estresse e dores de cabeça. O excesso de luz, por sua vez, causa um desconforto significativo que compromete a produtividade. De acordo com a Norma Regulamentadora (NR) 17, é preciso cumprir os seguintes requisitos:

  • a iluminação deve ser geral distribuída uniformemente e de forma difusa, isto é, sem um foco determinado;
  • além disso, deve ser projetada uma iluminação suplementar, para evitar problemas como ofuscamento, reflexos incômodos, sombras e contrastes excessivos.

A temperatura também recebeu uma atenção especial na NR-17, devendo ficar sempre entre 20º e 23º Celsius. Para isso, pode ser necessário instalar um sistema de ar-condicionado. Então, também deverá ser criado um projeto para esconder a fiação e a tubulação desses equipamentos.

Ter uma decoração funcional de escritórios, sofisticada e bonita é, sim, possível. Para isso, o arquiteto precisa ter bastante criatividade e conhecer as melhores técnicas contemporâneas. Além disso, ele também deverá contar com fornecedores de altíssima qualidade, os quais elaboram móveis especializados no ambiente corporativo. Desse modo, será possível obter a satisfação máxima dos clientes.

Se você ainda não tinha ouvido falar sobre a importância da funcionalidade no design de interiores, não deixe de divulgar essa informação nas suas redes sociais! Seus seguidores provavelmente ficarão muito interessados!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *